Expedições Acauã 2011 – Bolívia Uyuni

Quinze dias de estrada e contados 8.546 km rodados. O natural cansaço físico é recompensado pelas lembranças e, claro, pelas histórias que vamos contar à família e amigos ao longo do tempo, de nossas vidas. A Expedições Acauã – grupo formado por profissionais da comunicação de Ribeirão Preto – escolheu a Bolívia como destino principal esse ano. E foi fantástico.

Saímos de Ribeirão Preto no dia 26 de fevereiro. O ponto de partida foi o posto UBB (http://redeubp.com.br), às 7 horas da manhã. O clima familiar festivo também reuniu um seleto grupo de amigos (desses que vibram com suas maluquices e voltam pra casa com inveja boa, mas um ar de aprovação no sorriso e ouvindo Pink Floyd).

Pouco lembrada pelos turistas brasileiros que viajam à América do Sul, a Bolívia é destino certo para quem busca aventuras e paisagens únicas. Com muita disposição para descobrir uma geografia exótica, o grupo Expedições Acauã conheceu e registrou as boas surpresas de um país recheado de maravilhas naturais e culturais. Um plano ousado e – de novo – nada convencional.

O salar de Uyuni, maior deserto de sal do planeta, reserva vulcões, gêiseres e lagoas. Quem passa pelo local, logo entende por que a paisagem inspirou a pintura surrealista de Salvador Dalí. São mais de 300 km (isso mesmo, quase a distância de Ribeirão Preto a São Paulo) de sal. É a maior reserva de sal e de lítio (mineral atualmente utilizado na fabricação de baterias de aparelhos eletrônicos) do mundo. Dentro do salar, o visitante ainda pode se hospedar em hoteis construídos com “pedras” de sal, assim como os Esquimós fazem iglus com o próprio gelo. A paisagem, mais que deslumbrante, é unica.

O Lago Titicaca

O grupo Expedições Acauã foi conhecer o lago mais alto lago do mundo – e com direito a conhecê-lo também pelo lado peruano. Uma visita breve ao Peru que levou cerca de três horas e custou uns bons dólares em propina para os guardas de fronteira, por conta da falta do seguro para os veículos. No lago Titicaca, visitamos um

 

No caminho de volta, o deserto de Atacama será outro ponto de parada dos aventureiros de Ribeirão Preto. Uma revisita – os Acauãs estiveram no Chile em 2009 – ao deserto mais árido do mundo.

Depois de 16 dias percorrendo mais de 7.500 km, a aventura será retratada em exposição no Novo Shopping. Os registros fotográficos e os veículos utilizados na aventura serão exibidos entre os dias 19 e 27 de março. A expedição conta com o apoio do Novo Shopping, DTP e patrocínio dos Postos UBP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *